outros

A atuação continuada em diferentes escalas de intervenção proporciona um estreitamento natural da relação com o território, permitindo um exercício de leitura e escrita constante, conjugando ações cotidianas e transformações de médio e longo prazo. O trabalho da Associação Casa Azul se estrutura em ações que se conectam com cada território de forma permanente e consistente por décadas.

A aproximação entre as dimensões da cultura e da arquitetura se refletem em diversos projetos desenvolvidos pela Casa Azul ao longo do tempo. São projetos que fazem a ponte conceitual entre essas duas dimensões, como a Festa Literária Internacional de Paraty, o Museu do Território na mesma cidade, e a Tenda Cultural Ortega y Gasset em São Paulo: exemplos desse exercício de leitura e escrita do território.

Tenda Cultural Ortega y Gasset

O Projeto Tenda Cultural Ortega y Gasset, realizado entre 2013 e 2014, em parceria com a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo, integrou um programa institucional de preservação do patrimônio e difusão cultural e científica da USP. Em ocupação territorial temporária da Praça do Relógio, na Cidade Universitária, o projeto promoveu a reocupação da centralidade da praça com multiplicidade de conteúdos.

Por meio da realização de oficinas, espetáculos e atividades participativas em áreas como História, Música, Filosofia, Literatura, Física, Teatro e Sociologia, entre outras, a Tenda Cultural Ortega y Gasset buscou o estímulo à apropriação do espaço público pelos usuários. A instalação da tenda criou um lugar de convivência no campus, cuja configuração física nem sempre favorece a integração entre as diversas faculdades, instituições e usuários diversos que compartilham o espaço. Entre os principais objetivos (e resultados) do projeto é possível citar a ampliação do diálogo entre a universidade e a sociedade, a oferta de novos espaços de debates e encontros interdisciplinares e de visibilidade para as diversas expressões artísticas e acadêmicas produzidas na universidade.

A Casa Azul foi responsável por diversas ações, como desenho de estratégias iniciais; curadoria, comunicação, conteúdo e produção; conceito e projeto de arquitetura e criação de ferramentas de fluxo, gestão e controle.